5 de julho de 2013

Pedacinhos de amor


Sabe aquele pedacinho de tecido que sobra depois de cortar uma peça maior? Pensou em jogar fora? Pense de novo... Se já jogou, corre lá para resgatar!

Eu guardo quase tudo. Tenho duas caixas grandes, dessas de plástico transparente, repletas de pedacinhos. E, recentemente, um saco grande está sendo o "baú". Vira e mexe dou uma espiada e namoro cada retalho. Quando surge a inspiração, lá vou eu emendar pedacinhos de amor. É quase uma terapia, um hobby do hobby.

A técnica chama-se Crazy e engana-se quem pensa que é só sair "feito louca" unindo tecidos ao acaso. Um projetinho, mínimo que seja, é necessário para se ter um bom aproveitamento. O resultado são estampas únicas, exclusivas e maravilhosas!

Veja algumas dicas:

{1} A grande dica é, antes de mais nada, decidir que peça será feita e qual será o ponto principal dela (o ponto de partida do Crazy). Pode ser só uma barrinha central, feita de quadradinhos bem pequenos, ou toda a frente de uma necessaire. Você decide! O importante é definir isso antes de começar a costurar. É esse o projetinho mínimo requerido.



{2} Com o projetinho em mente ou rabiscado no papel, risque o molde (ou apenas as medidas) sobre a manta e corte dando uma boa margem de sobra. Feito isso, comece a selecionar os tecidos. Uma dica é primeiro definir o tecido principal, aquele mais estampado, e depois partir para o composê. Passe a ferro os pedacinhos antes de costurar.



{3} É mais fácil costurar os tecidos já sobre a manta com o molde riscado. Isso facilita o posicionamento dos tecidos e cores visando valorizá-los. Coloque o tecido principal em destaque e depois vá costurando os demais para os lados, um por um, sempre conferindo os limites do molde riscado na manta. O ideal é passar a ferro cada pedacinho costurado antes de costurar o seguinte... É preciso paciência, claro! rs! Mas vale a pena, o resultado é um trabalho limpo e bem acabado.



{4} Com tudo costurado, caso não dê mais para ver o risco do molde sobre a manta, risque novamente ou apenas alfinete e corte com a tesoura (se for um molde muito cheio de curvas e detalhes) ou com a régua e o cortador circular (se for um molde reto). Depois é só finalizar a peça como de costume.



Guardar pequenos pedacinhos de tecido requer amor, cuidado e paciência para esperar a caixa ficar bem cheia e depois para uni-los! A dica é reservar uma caixa com tampa para ir guardando os retalhos que sobram. Se forem muitos, uma sugestão é separar uma caixa para os tecidos básicos (como poás, xadrez, floral miudinho) e outra para os estampados maiores. Se a coisa ficar fora de controle, opte por separá-los por cor. Cuidado... é viciante! =)

Coloque sua criatividade para fora e crie estampas únicas que retratem o seu jeito e o seu gosto!

Todas as peças das fotos estarão disponíveis no 4º Algodão Doce Festival de Artesanato que acontecerá entre os dias 7 e 10 de agosto no Centrosul, em Florianópolis/SC. Espero por você!

Com carinho,
Gi

9 comentários:

  1. Fico fascinada por esse "processo criativo".
    Parabéns, Gi! Adorei o post lindo, as peças e o capricho.

    A sequencia de fotos é perfeita, e fico imaginando o teu cuidado ao reunir cada retalho...lindo demais!
    Costumo fazer isso com meus papéis de scrap, reluto em jogar fora uma tirinha de um papel que eu ame a estampa e ele fica lá, guardado na caixa de retalhos, assim como vc faz, até que ele se encaixe perfeitamente em um novo projeto. E a gente sabe que um pequeno retalho pode fazer toda a diferença, não é?

    Bjo e feliz dia ensolarado. ;)


    ResponderExcluir
  2. Amei a dica.... também guardo tudo e já tenho duas caixas que vendo essas dicas da para fazer coisinhas lindas!!!

    Seu trabalho é perfeito.

    Obrigada!!!
    Mari Lopes

    ResponderExcluir
  3. Oi Gi, achei ótima as dicas de como aproveitar esses restinhos. Admirável seu cuidado em cada passo e o carinho em compartilhar. E como não poderia deixar de dizer - QUE LINDO SEUS TRABALHOS! ♥

    ResponderExcluir
  4. OI, GI. GOSTARIA DE TE CONVIDAR PRA CONHECER MEUS TRABALHOS TAMBEM NO www.andreiacandy.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Quanta coisa linda saindo do forno!
    Vai ser um sucesso!

    ResponderExcluir
  6. Tu és uma inspiração prá nós todas, apaixonadas pelo q é lindo!
    Parabéns!!! Bjsss e sucesso na feira!

    ResponderExcluir
  7. Sou super fã dos seus trabalhos, amei as dicas...
    Só uma dúvida, você costurou os retalhos direto na manta? (Não consegui visualizar)
    Ou depois colocou na manta?
    Obrigada desde já,
    Regiane Gama

    ResponderExcluir
  8. Te sigo faz tempo, Gizoca! E agora estou me aventurando nessa técnica crazy e, sua explicação foi perfeita e essencial prá eu poder continuar nessa linha! Agora, há que se ter DOM prá misturar TÃO LINDAMENTE um monte de retalhinhos variados como você faz, menina! É talento puro!!! mas... também pode surgir de muita perseverança e observação... e chego lá! Obrigada por sempre compartilhar com tanto carinho seu conhecimento! Abençoado fim de semana prá você! bjs!

    ResponderExcluir