28 de junho de 2013

Fotos de qualidade para toda vida!



A qualidade das fotos é um assunto recorrente por aqui. Gosto muito de fotografar, de escolher o melhor ângulo e a melhor luz, um cenário aconchegante e encantador, de editá-las para que fiquem ainda melhores realçando detalhes. Gosto de boas fotos, de fotos com qualidade não só estética mas também com qualidade gráfica/técnica para compartilhar nas redes sociais, aqui no blog e também para imprimir em cartões postais, em folder para distribuir em feiras e bazares e para revistas e jornais. 

Já imaginou se aquela super revista entra em contato com você para fazer uma entrevista? Quanta satisfação! Mas já pensou se ela te pede uma foto sua ou do seu ateliê? Ou ainda uma foto de alguma peça feita por você? Certamente o seu arquivo pessoal está repleto de fotos, mas a grande pergunta a ser feita é se essas fotos possuem a qualidade necessária para impressão em papel. Ficou na dúvida? 

Para ser impressa no tamanho de um cartão postal (15 cm x 10 cm), por exemplo, a foto precisa ter uma qualidade técnica mínima a fim de fique nítida e sem aquele aspecto borrado e "pixelado". A maioria das câmeras digitais atuais possuem vários megapixels e isso pode ser traduzido para centímetros a fim de que fique mais fácil avaliar se a foto pode ser impressa no tamanho desejado ou não. É claro que existem outros parâmetros técnicos, como o tamanho dos sensores das câmeras digitais, que fotógrafos profissionais usam e que colaboram muito para uma foto maravilhosa de outdoor! Mas vamos tomar por base a nossa humilde câmera compacta doméstica e popular. Sim, ela pode nos dar uma boa foto impressa!

No site da Haco Virtual { www.hacovirtual.com.br }, na seção de Perguntas Frequentes, encontrei esta tabela bem prática para uma consulta rápida e sem necessidade de grandes conhecimentos técnicos:

{ Fonte: http://www.hacovirtual.com.br/perguntas-frequentes }

Faça o teste com alguma foto do seu aquivo. No computador, abra a pasta das fotos > clique com o botão direito do mouse sobre a foto > clique em "propriedades" > clique em "detalhes". E lá que estão as informações da tabela acima para que você possa conferir.

Abaixo, mais algumas dicas úteis para ter fotos sempre bonitas e prontas para atender o chamado de uma super produção editorial:

- Sempre deixe sua câmera configurada para fotografar com o máximo de megapixels disponível. Se tiver dúvida, peça ajuda para alguém que entenda ou procure no manual da máquina.

- Sempre que possível, opte por fotografar perto de uma janela bem iluminada e com luz do sol. Evite apenas o sol direto pois ele pode trazer alguns efeitos indesejados de luz e sombra, estragando a foto. Evite usar o flash, muitas vezes ele dá uma luz muito forte e distorce a cor. 

- Monte seu cenário após escolher a melhor luz. Se preferir, faça um teste antes. Use um fundo neutro, como um tecido, para esconder alguma bagunça do seu ateliê ou da sua casa. Escolha seu estilo: fotos bem "limpas" usando apenas o fundo neutro ou um cenário delicado que valorize a peça que será fotografada.

- Quando for salvar as fotos no seu computador, crie uma pasta exclusiva para as fotos originais. Se posteriormente quiser fazer alguma edição, como reduzir o tamanho para publicar no Facebook ou colocar sua marca d'água, crie uma nova pasta e salve o arquivo com um outro nome. Nas minhas fotos eu faço assim: a pasta das fotos originais chama "FOTOS ORIGINAIS 2013"; a pasta das fotos editadas chama apenas "FOTOS 2013"; as fotos originais ficam com o nome que veio da câmera e as fotos que foram editadas ganham uma letra ou um número (original: P1153447.jpg | editada: P1153447a.jpg). Dessa forma não tem risco de fotografar no tamanho certo e depois editar e salvar em cima uma foto de menor qualidade e também facilita para encontrar a foto original no meio das milhares que temos em nossos arquivos. Lembre-se sempre, arquivo original é como ouro e precisa ser bem cuidado e preservado. Crie o seu padrão de arquivamento e siga criteriosamente. 

- Para edições simples de foto, como ajustes de cor, nitidez, redimensionamento e inclusão de borda e de marca d'água, minha sugestão é o PicMonkey { www.picmonkey.com }.


Fotografe com amor e preserve a história do seu ateliê!

Com carinho,
Gi

6 comentários:

  1. que legal Gizoca, adorei seu artigo. Eu também sou muito fã de fotografia. Gosto muito e acho que é fundamental uma boa foto para apresentar os produtos. Deixo aqui pra você um vídeo que eu preparei sobre o assunto, se quiser dar uma olhadinha, está no link: https://www.youtube.com/watch?v=yXesrPZ3XmM
    grande beijo
    uma nova fã de seus trabalhos... amei tudooo parabéns Paula Piai

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adorei teu video, Paula!!!!
      Obrigada por compartilhar!

      Excluir
  2. muito legal essa dica, obrigada ! sempre tive dúvidas de como tirar boas fotos, e essa realmente é uma valiosa dica !!! abraços.

    ResponderExcluir
  3. Amei suas explicações, muito útil, detalhes que às vezes passa despercebido!!!!!!! bjs

    ResponderExcluir