As agulhas certas

Quando nos tornamos donas de uma máquina de costura o ideal seria sentar com calma para ler o manual. O ideal seria se familiarizar com seu funcionamento, lubrificação, manutenção, passagem de linha, bobina, tensão, tipos de pontos e... agulhas certas! Mas quem faz isso ao pé da máquina letra? Eu não fiz...

Na semana passada estava costurando a alça de mão do Case Smart quando comecei a perceber uma certa dificuldade de manter "linha reta" na costura e o tecido dobrado começou a entrar na máquina sempre que a agulha passava. Parei, olhei aqui e alí, repassei a linha e tentei costurar novamente. Nada mudou. Então me lembrei que já tinha tido essa dificuldade outras vezes, sempre que costurava tecidos sem manta. Alguns minutos pensando enquanto desmanchava a costura mal feita e comecei a ver a luz no fim do túnel: a agulha!

Se você for como eu, certamente terá preferência pelas agulhas universais. Mas, por quê? Muito provavelmente porque desconhecemos os tantos tipos existentes. E o tamanho? Algo em torno de 14 ou 16 para ficar no "meio termo". É até vergonhoso admitir que raramente troco a agulha de acordo com o tecido ou a espessura. Se vou costurar algo muito grosso, como um jeans ou muitas camadas de tecido e manta, a agulha quebra e então troco por uma 16 ou 18. E depois? Ah... depois fica essa agulha mesmo porque me esqueço de recolocar uma de número menor. É assim por aqui, admito com pesares. E foi isso que ocasionou a costura mal feita no alça: estava costurando com uma agulha 16 enquanto deveria estar usando uma 11!

Mas as coisas vão mudar! Depois da dificuldade e da gafe "costurística", resolvi pesquisar mais a fundo sobre os tipos, tamanhos e dicas de uso. Espero que ajude aí no seu ateliê também!

A anatomia das agulhas de máquina

Ponta | Point
É a parte que primeiro entra em contato com o tecido. Os tipos de ponta são uma das principais diferenças entre as agulhas.

Buraco da linha | Eye
É o buraco por onde a linha passa.

Eixo | Shaft 
É a parte mais fina do corpo da agulha, a que entra no tecido.

Tronco | Haste | Shank
É a parte mais grossa do corpo da agulha, a que é encaixada na máquina. Tem dois lados, o plano e o arredondado, que proporcionam o encaixe e o posicionamento perfeitos.

Scarf
Reentrância por trás da agulha.

Sulco | Groove
Sulco frontal no eixo, onde está o buraco da linha.



Tipos de agulhas

Agulha de ponta universal (Universal) 
Tem a ponta levemente arredondada e é o tipo ideal para tecidos planos e malhas, por estar no meio termo entre a ponta fina e a arredondada. É o tipo mais popular e o que comumente vem de fábrica com as máquinas novas. Está disponível nos tamanhos 11/80 (mais fino) e 14/90 (mais grosso)

Agulha de ponta normal ou fina (Sharp ou Microtex) 
Tem a ponta fina e é o tipo ideal para tecidos planos (como o algodão) pois causa uma quantidade mínima de franzido e produz o ponto sem danificar o tecido. Está disponível do tamanho 9/70 (mais fino) ao 18/110 (mais grosso).

Agulha de ponta arredondada (Ball point)
Tem a ponta arredondada e é o tipo ideal para malhas e tecidos com elastano pois escorrega entre os fios da malha ao invés de perfurar. Está disponível do tamanho 9/70 ao 16/100. Quanto maior a agulha, mais arredondada é a ponta.

Agulha de bordado (Embroidery needles)
Tem o buraco da linha maior para passar fios de bordado que são mais grossos e evitar que linhas decorativas partam durante o bordado. Está disponível nos tamanhos 11/80 e 14/90.

Agulha de quilting (Betweens) 
Menor do que uma agulha normal, com o buraco da linha pequeno, porém mais forte. A ponta reforçada serve para passar por várias camadas de tecido (sanduíche de manta e tecidos sobrepostos) e para passar por cima de outras costuras sem danificar. Está disponível nos tamanhos 9/70 e 11/80.

Agulha de pesponto (Topstitching)
Tem o buraco da linha maior e um sulco mais profundo a fim de permitir o uso de linhas de pesponto, que são mais pesadas, e linhas duplas para obter um ponto mais pronunciado. Está disponível do tamanho 9/70 ao 14/90.

Agulha para jeans (Denim)
Tem o sulco mais profundo e a ponta é fina. Ela foi projetada para costurar sem pressionar o tecido no buraco da chapa da agulha. Está disponível do tamanho 9/70 ao 16/100.

Agulha de ponta facetada (Wedge point ou Leather) 
Tem a ponta fina e com as bordas facetadas sendo ideal para couro e vinil. Ela facilmente perfura e cria um buraco que vai fechar quando a agulha sair. Está disponível do tamanho 11/80 ao 18/110.

Tamanhos de agulhas

Conhecer os tipos de agulhas é tão importante quanto saber definir seu tamanho. Os dois, tipo e tamanho, quando bem escolhidos, são fundamentais para a qualidade final do trabalho que está sendo costurado. No geral, é possível dizer que o tamanho da agulha é definido pelo tipo de tecido. 

Tecidos delicados, como seda e rendas finas, requerem o tamanho mais fino nº 9/70. Tecidos leves, como cambraia e tecidos para patchwork, pedem agulhas nº 11/80 ou 14/90. Para tecidos de peso médio, como linho e malha, o ideal é o nº 14/90. Tecidos pesados ou muitas camadas combinadas de manta e tecido requerem agulhas mais grossas de número 16/100 e 18/110. O uso correto do tamanho da agulha, além de não estragar o tecido e proporcionar um ponto perfeito, preserva a sua máquina de costura.

Você deve ter percebido o uso de dois número para definir o tamanho da agulha, como 11/80. Isso se deve ao fato de existir dois sistemas de medida, o Sistema Singer (11, 14, 16 etc) e o Sistema Métrico (80, 90, 100 etc). Algumas marcas adotam somente um sistema e outras adotam os dois. 

Mais algumas dicas práticas

- As agulhas tem uma vida útil aproximada de 10 horas a 12 horas de costura contínua. Se estiver quiltando o ideal é trocar a cada 6 horas ou sempre que começar um novo trabalho grande. 

- Se a agulha estiver cega ou torta, troque sem dó! 

- Ao colocar uma agulha nova, verifique se ela ficou bem posicionada e se o parafuso ficou bem apertado. Agulhas mal posicionadas ou frouxas não formam pontos perfeitos e podem danificar sua máquina.

- - -

Para finalizar, dois videos da Singer: um sobre agulhas para máquinas de costura domésticas e outro sobre dicas manutenção. Não perca!



Beijos,
Gi

Comentários


  1. Gi que maravilha de post.Confesso também que uso a mesma agulha para todas as costuras,e quando o ponto nao sai tao perfeito quem leva a culpa ??? A máquina ou a linha,rsrsrsrsrs...Vou seguir suas dicas,e deixar a preguica ou seria comodismo de lado e trocar sempre as agulhas.Bjs.

    Malú.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz por saber que foi útil a minha pesquisa!!
      Beijos especiais pra ti, Malú!

      Excluir
  2. Gi tbm amei seu post... eu amooo usar a TOP STITCH.. pra mim funciona mesmo pra tudo que quero..tenho elas de todos os tamanhos ... bjs

    ResponderExcluir
  3. Gi, adorei o post!
    e confesso... sou a "rainha" de costurar com a mesma agulha e só me toco em trocar nestas situações que você falou! vou tentar lembrar mais! Antes de ter que desmanchar a costura...kkk bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tati... pelo visto somos todas "rainhas".. hehehe =)

      Excluir
  4. Só troco agulha quando quebra. Que vergonha!!! ou Que preguiça!!! Agora mesmo nem sei que numero de agulha estou usando. Vou ver.
    Lindo e útil post.
    Obrigada por compartilhar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Aiaiai.. ainda bem que minha filha "saiu da linha".... euzinha só troco agulha quando quebra.... que vergonha.... 45 anos costurando.... Vou deixar a preguica de lado principalmente quando quiltar..... e isso que comprei agulhas especiais para isso...... :)

    ResponderExcluir
  6. Adorei o post e todas essas informações, Gi. Sou como o Marion , só troco de agulha quando ela quebra, agora aprendi. Muito dez !!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  7. A gente ouve falar, mas não lembra quando a costura não fica certa ou quebra a linha quando está quiltando, mas vou imprimir e deixar junto com o manual, ótima dica!!!!!!! Gi, muito obrigada, bjs

    ResponderExcluir
  8. Gi, adorei suas dicas, os vídeos são ótimos, aprendi algumas coisas! Já faço a limpeza, mas nunca retirei a carretilha, meu manual não ensina assim, mas vou testar, visto que esse é pra todas as máquinas e só varia o modelo. Super dicas! Obrigada, bjs

    ResponderExcluir
  9. Gi adorei o post,e literalmente li todo meu manual,que prá ser sincera deixou devendo qto a lubrificação.Qto a agulha,minha dificuldade esta no enxergar o nº..grande problema,bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho dificuldade, Néia... Eles poderia criar cores para identificar os tamanhos!

      Excluir
  10. Nossa, Gi, quanta dica boa! Tenho máquina de costura a uns 8 anos, mas usei pouquíssimo! Sou muito detalhista e tenho "medo" de não fazer perfeito. Trabalho com feltro, atualmente, mas quero entrar no mundo do patchwork e das costuras à máquina que possibilitam infinidades de outras criações! Grata por compartilhar seus conhecimentos! Bjos

    ResponderExcluir
  11. Nossa, Gi, quanta dica boa! Tenho máquina de costura a uns 8 anos, mas usei pouquíssimo! Sou muito detalhista e tenho "medo" de não fazer perfeito. Trabalho com feltro, atualmente, mas quero entrar no mundo do patchwork e das costuras à máquina que possibilitam infinidades de outras criações! Grata por compartilhar seus conhecimentos! Bjos

    ResponderExcluir
  12. Obrigada Gi pelo seu coração amigo em compartilhar. Foi muito útil pra mim. Bjs.

    ResponderExcluir
  13. Obrigada Gi pelo seu coração amigo em compartilhar. Foi muito útil pra mim. Bjs.

    ResponderExcluir

Postar um comentário